Notícias

14
Set

Videochamada hospitalar emociona, aproxima e auxilia na autoestima e recuperação de pacientes

Videochamada hospitalar emociona, aproxima e auxilia na autoestima e recuperação de pacientes

A partir de agora, por Lei Federal, os pacientes que estão internados em UTIs ou leitos hospitalares e que estejam impossibilitados de receber visitas, poderão ter contato com seus familiares por meio de videochamadas. 

No HBP as vídeochamadas já estão aproximando pacientes e familiares desde o auge da pandemia. Um exemplo é a Dona Ezotilde Roveda, 86 anos, internada a cerca de dez dias. Ela interage com a família e os tranquiliza sobre a boa evolução de seu estado de saúde.  A Assistente Social Maria Zimmerman, que já conduziu dezenas de videochamadas ressalta que “é inexplicável a sensação de bem-estar, de alívio e de alegria, tanto da família quanto do paciente, quando eles conseguem interagir na conversa online”.

O diretor Técnico do Hospital Beneficência Portuguesa, Dr. Rafael França reforça que as vídeochamadas se tornaram uma realidade necessária na assistência, além de ter um papel relevante no processo de recuperação do paciente e informação à família. (Fotos: Leo Vaz Soares/HBP).