Notícias

25
Fev

Reabertura de leitos pelo SUS no Beneficência Portuguesa reforça a saúde em Porto Alegre

Reabertura de leitos pelo SUS no Beneficência Portuguesa reforça a saúde em Porto Alegre

São 40 leitos de enfermaria e 10 de UTI cadastrados no sistema de internações de Porto Alegre que contará com o Hospital Beneficência Portuguesa no Sistema de Gerenciamento de Internações (Gerint). Os leitos serão utilizados gradativamente, de acordo com a capacidade operacional do hospital.

Pelo Decreto 20.947, de 23 de fevereiro, a prefeitura requisitou serviços e equipamentos da Associação Beneficente São Miguel (ABSM), gestora integral do Hospital Beneficência Portuguesa, para que a instituição passe a integrar a rede hospitalar da cidade no enfrentamento da pandemia causada pelo novo coronavírus.

De acordo com critérios estabelecidos pela SMS, além de disponibilizar para o SUS e operar os 40 leitos de retaguarda clínicos e 10 de UTI, o hospital vai oferecer recursos humanos, hotelaria, higienização, limpeza, serviços de nutrição, alimentação e custos de luz e água.
“Desde que assumimos em 2018, inúmeras foram as dificuldades, porém maior ainda foi a determinação dos diretores e a garra com que os colaboradores se mantiveram desde lá até aqui. Hoje é um momento especial, não só para nós gestores e profissionais de saúde, mas para toda a população. Estamos contribuindo com a Saúde e gerando empregos em um momento de grande dificuldade mundial, e além é claro, da vontade política do atual prefeito Sebastião Melo, que reconheceu esse esforço e teve a sensibilidade de valorizar este que é um dos hospitais mais antigos e mais importantes da história de Porto Alegre e do Estado”, finalizou o médico Rafael França, presidente da ABSM.